expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

O CÓDIGO DA VINCI: O LIVRO QUE ABALOU A FÉ CRISTÃ



"Constantino inventou a divindade de Cristo no Concílio de Niceia. Foi esse concílio que determinou que livros deviam ser incluídos no Novo Testamento. Jesus casou com Maria Madalena e teve uma filha. Uma organização secreta foi encarregada de preservar esse “segredo do Jesus verdadeiro”. Calma, calma! Antes de achar que estou defendendo heresias, deixe-me dizer que esses absurdos são o pano de fundo de um romance policial que tem conquistado legiões de leitores em todo mundo. E não é todo dia que um livro alcança a cifra de 85 milhões de exemplares vendidos. Trata-se de O Código Da Vinci, de Dan Brown." 100%ADVENTISTA

Como pode um livro de ficção científica abalar uma crença tida como verdade por grande parte da humanidade? Após o lançamento do livro em 2003, The Da Vinci Code, de Dan Brown, muitos cristãos desesperados tentam mostrar que o que o escritor relata não é verdade. Claro que não é! Trata-se de um livro de ficção científica com pitacos de realidade. O problema é que a crença cristã também é assim. Ficção científica com traços de realidade. Aliás, todas as crenças em deuses são assim.
Mas por que esta preocupação toda com o livro de Dan Brown? Será que os estudiosos cristãos conseguiram provar que Dan Brown está errado? 

Vamos aos fatos:

PRIORADO DE SIÃO

No livro o autor diz que o Priorado de Sião é uma sociedade secreta que guarda os segredos mais terríveis da Igreja Cristã. Mas os estudos realizados por cristãos desesperados comprovaram que a tal sociedade secreta não existe e o seu suposto fundador teria confessado que ele mesmo inventou esta história. Ora veja só, se a sociedade é secreta e descobriram o seu fundador ele iria confessar que a sociedade existe? Nisto ela deixaria de ser secreta e ele seria queimado na fogueira por ser um herege. Até eu confessaria que tinha inventado a história. Neste ponto os cristãos não conseguiram provar nada.

CRIPTEX

No livro diz que Leonardo Da Vinci guardava segredos num criptex, instrumento criado por ele. Mas nenhum material histórico mostrou a autenticidade desta informação e testes mostraram que o vinagre não derrete o papiro como o livro sugere. Mas será que outra substância não destruiria o papiro? Uma tinta de carimbo seria suficiente para apagar todo o texto. E sites de informação como o Wikipedia diz que quem inventou o criptex foi o próprio Dan Brown. Mas rascunhos deste projeto foram encontrados nos arquivos de Leonardo Da Vinci. Mas sabemos que nem sempre ele concluía suas obras. Dizem até que ele sofria de transtornos afetivos. Mas por que querem que um livro de ficção relate a verdade em sua mais plena plenitude? Daqui a pouco vão pegar os livros do Harry Potter e pesquisar os acontecimentos pra ver se é verdade.
 
LEONARDO DA VINCI GRÃO MESTRE

Questionaram também o fato de Leonardo Da Vinci ser grão mestre do Priorado. Dizem que ele era doente mental e não teria condições de ser líder de uma instituição tão importante. Ora, além de preconceituosos eles ainda acabam admitindo a existência da tal sociedade, ao dizer que ela é importante. Mas independente de qualquer tipo de transtorno mental que Da Vinci possa ter tido, ele foi um gênio. E provavelmente pode ter sido sim líder do Priorado de Sião. Se é que esta organização existe.

MEROVÍNGIOS FUNDARAM PARIS

Ora, o que Dan Brown fez foi colocar conotação nas coisas. Ele é escritor de ficção e não jornalista. O seu livro não é um documentário, é uma ficção. E ele somente dar pistas para começarmos a pensar no que ele estar dizendo. Como ele mesmo diz, “somente os dignos entenderão”. Os outros vão continuar acreditando em tudo que lhes contaram. Sem nunca ter a humildade de pesquisar fontes e fundamentos. É lógico que Pierre Plantard era um farsante. Quis atribuir a si o legado do Priorado de Sião. Tentando se dizer herdeiro do trono francês. Mas se Jesus realmente deixou uma linhagem, até eu posso ter seu sangue nas veias.

O TEMA PRINCIPAL

Mas o tema principal não conseguiram desmentir. O Concílio de Niceia. Têm medo de falar nisto. Não sabem o que explicar. Alguém sabe o que aconteceu no Concílio de Niceia? Sabem por que a Bíblia dos católicos é diferente da dos evangélicos? Sabem o que foi a questão Ariana? Se os livros apócrifos não existem, onde foi que vocês tiraram certas informações que usam na sua fé, pregando em púlpitos, se os mesmos não constam na Bíblia? Por exemplo, onde diz na Bíblia que os reis magos eram três? Onde diz na Bíblia que Maria Madalena era prostituta? Onde diz na Bíblia o Sábado não é mais o dia santo? Onde diz que Jesus é Deus? Onde está a referência à Trindade? Por que ninguém comenta sobre os massacres da igreja aos chamados hereges? Por que eles eram considerados hereges? Por que só existem 4 evangelhos se os discípulos eram 12? Por que Pedro, um dos apóstolos mais influentes não tem evangelho? Por que o Cristianismo virou romano se Jesus era palestino?

São todas questões sem respostas. Para os cristãos. Pois estudiosos têm respostas para todas estas questões. Mas estas respostas assustam os cristãos. E não adianta os evangélicos dizerem que não concordam em nada com Dan Brown, pois usam o Concílio de Niceia pra atacar a Igreja Católica, que é a principal base de crença de todos os evangélicos. A separação foi só por motivo de orgulho. E hoje em dia se separam por questões financeiras, pois todos querem abrir uma igreja, pois os lucros são grandíssimos. Qualquer discurso bem elaborado rende milhões, como já disse aqui o nosso grande Júnior Luiz em A FÉ QUE MOVE DÍGITOS.

Pra mim, muitas coisas que o livro conta estão longe da realidade. Acredito que isto se deve, pois ele não queria ser o dono da verdade. Só queria dar alguns pitacos na imaginação em geral. E conseguiu. Canais televisivos de telejornais e reportagens gastaram tempo e dinheiro pra tentar desvendar o código. Pesquisaram muito pra descobrir se era verdade coisas que Dan Brown inventou, com todo o direito por sinal, pois sua obra é de ficção. Mas descobriram assustados que muitas coisas são verdades. E machucam pra valer a fé cristã. Até o Vaticano designou uma comissão pra convencer os fiéis que Dan Brown é um herege. De repente ele seja até católico e ninguém sabe. Mas...

Por enquanto é só. E você já leu o livro? Ou tem medo de confundir a sua fé. Não temas! A verdade vai aparecer mais cedo ou mais tarde.

Fui! Um abraço!

Crédito da imagem:

14 comentários:

  1. Muito bom, sensacional...Júnior Luiz.

    ResponderExcluir
  2. conteúdo muito bom, precisamos de pessoas assim, criando conteúdo na internet e não apenas conteúdos fúteis. Parabéns pelo blog!!!

    ResponderExcluir
  3. texto idiota não trouxe nada de concreto e eu tenho coragem do ler essa porcaria de livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Geovane! É isto que queremos, opiniões sinceras. Mas se você tem coragem de ler o livro, não perca a oportunidade, vai fazer você pensar de forma diferente. Abraços e obrigado pelo comentário.

      Excluir
    2. Já deu para notar que faltou coragem para ler qualquer livro...

      Excluir
  4. O livro é tão real quanto a religião católica. Pra mim o filme me faz pensar nos segredos que o vaticando guarda sob seus domínios.Praticamente o livro envolve você em uma ficção e uma trama, levando a achar que isso é real. Não sei porque o vaticano ficou brabinho sobre isso, eles fizera/fazem isso desde o início dessa fantasia, ops, religião. Legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu meu amigo! Obrigado pela contribuição no debate. Concordo com você. O Vaticano esconde muita coisa e lá que está a base de toda a fé cristã. Abraços!

      Excluir
  5. tenho duvidas de que o vaticano esconde mesmo certas coisas,mas não acredito que Jesus teve uma mulher e Se teve o que que tem ele veio na terra como homem e não como DEUS depois que reassumiu sua divindade apesar deste livro também críticar a divindade de Jesus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro Geovane, não sei a sua religião, mas é sabido que o Vaticano esconde coisas sim. Há pouco tempo atrás falavam dos 3 segredos de Maria que a Igreja Católica iria contar. Que segredos seriam estes? Até tempos atrás também era proibido ler a Bíblia. Inquisição. Depois da revolta de Lutero que as coisas começaram a mudar. O pior é que depois disto debandou de aparecer religiões e crenças diferentes. Cada uma acreditando na sua versão da Bíblia já adulterada por Constantino. Temos que estudar muito pra entender o que fizeram com o Cristianismo. Mas eu já desisti, pois ninguém quer saber de conhecimento, o importante é a fé cega em deuses invisíveis. Abraços e obrigado pelo comentário!

      Excluir
    2. Milagre não é transformar água em vinho e nem engravidar do espirito santo. Milagre é alguém acreditar nisso tudo!
      Se você rezar por chuva por bastante tempo, ela eventualmente cai.
      Se você rezar para que enxurradas se acalmem, elas eventualmente o farão.
      Acreditem ou não, o mesmo acontece na ausência de preces.

      Excluir
    3. Isto é verdade mesmo meu amigo. Já fiz estes testes. Continua tudo igual rezando ou não. O cara está com dor de cabeça faz uma oração e toma um Doril. Quando a dor de cabeça passa ele diz que foi Deus. Dá pra entender? Abraços!

      Excluir
  6. Eu sou protestante penteconstal e existe muitas coisas que eu tenho dúvida que acho que seriam reveladas se esses supostos segredos vinhesem a tona

    ResponderExcluir
  7. A livro de Brown nem arranha o Cristianismo e tampouco a Santa Igreja. Quem teve a "fé" abalada pela obra de Brown, não tem fé ! Jamais foi cristão !

    ResponderExcluir

COMENTE, DEIXE SUA OPINIÃO