domingo, 28 de outubro de 2012

JEAN WYLLYS, O POETA DO POVO INTELECTUAL



“Hoje não há mais “voto feminino”, mas apenas voto, nem há mais “casamento inter-racial”, mas apenas casamento. Chegará o dia em não haverá mais “casamento gay”, porque a distinção resultará tão irrelevante como resultam hoje as anteriores e o preconceito que explicava a oposição semântica terá sido superado” JEAN WYLLYS

O Jean Wyllys, eu não sei por que, tenta comparar comportamento gay com raça e sexo. Negro é uma raça. Feminino é um sexo. Homossexualismo é um comportamento. Eu mesmo sendo hétero posso ter comportamento homossexual, mas sendo negro eu nunca vou conseguir ser da raça branca. São coisas diferentes. Mas o Jean Wyllys se tornou o poeta do povo intelectual brasileiro. E todos que pensam diferente dele é chamado de imbecil, como volta e meia eu me deparo com postagens deste tipo no Facebook. Atitudes preconceituosas, imbecis e ignorantes. Respeito todos os gays. Só não gosto quando me chamam de imbecil, preconceituoso e homofóbico.

“O Papa Bento XVI disse que o casamento gay ameaça o futuro da humanidade. E eu pensava que o que ameaçava eram as guerras, a fome, a miséria, a desigualdade, a injustiça social, o tráfico de drogas e de armas, a corrupção, o crime organizado, as ditaduras, a supressão das liberdades, os genocídios, a poluição ambiental, a destruição das florestas, as epidemias e etc.”JEAN WYLLYS

“Eu acho o Jean Wyllys um sensacionalista, mas o Papa está exagerando, se é que ele falou isto. Ele (o Papa) deveria apenas dar sua opinião contrária sobre o assunto, para o Jean expressar sua opinião contrária as regras da Igreja. Mas criar uma guerra Gays x Igreja é um pouco complicado. Até porque casamento e igreja não tem nada a ver. Senão ateus não poderiam se casar... Mas eu acho que casamento gay deveria ter outro nome...”DAVIDACOUTINHO

Historicamente, culturalmente, naturalmente, sempre casal foi a união de dois sexos diferentes: um casal de filhos. Casamento sempre foi a idéia de se formar uma família. Pai, mãe e filhos. Sempre foi assim. Derivava de casa. Mas hoje em dia mudou. Casamento é qualquer coisa e família não existe mais. Deve ser neste sentido que o Papa se pronunciou. Seria esta a ameaça: a destruição da família. Dizer que dois homens casados é família seria de uma imbecilidade terrível. Se me chamam de imbecil por pensar diferente deles (gays), também tenho o direito de chamá-los de imbecis. Dois homens podem fazer um acordo e morar junto. Nada demais. Já morei com um amigo. E nunca teve nenhum problema. Mas imagina se eu quisesse casar com meu amigo? O meu comportamento ninguém tem nada a ver com isto. O que eu e meu amigo fazíamos sozinhos em casa ninguém tem nada a ver com isto. Mas fazer protesto pra criar leis que obrigam duas pessoas do mesmo sexo casar na igreja é um tanto estranho. É como um comentário que fizeram certa vez aqui no Blog, o homem gay é homem, a mulher lésbica é mulher. Podem fazer a cirurgia que quiserem, tomar o hormônio que quiserem. Então não venham tentar comparar raça com comportamento e me chamar de imbecil que eu não aceito.

As atitudes extremistas de grupos em geral são muito estranhas. Assim como os gays usam a ameaça e as ofensas pra falar sobre os héteros, o mesmo acontece quando se trata do assunto religioso. Os gays ameaçam: “Se não apoiar todos os nossos pensamentos e opiniões vai ser preso.” Já os crentes em deuses invisíveis: “Se não acreditar nos nossos deuses vai pro inferno.” E depois ficam trocando farpas. Todo movimento gay diz que religião é alienação mental e ser gay é a coisa mais linda do mundo. Muito estranho. Todos nós temos direito de ser o que quiser. O que não pode é invadir o espaço do outro. Não posso ser chamado de imbecil por ser hétero. Ter minha negritude comparada com homossexualismo. Quem é gay tem o direito de ser, já eu não tenho escolha. E quanto aos abusos, existe a Constituição que garante todos os direitos a todos os cidadãos. Preto, branco, gay, homem, mulher, criança, idoso, ateu, crente e etc. Não precisamos de movimentos imbecis que chamam os outros de imbecis.

Fui! Um abraço!

P.S. Este texto é uma resposta a uma postagem de Felipe Neto no Facebook que chamou todos que pensam diferente dele de imbecis, e também outras do Jean Wyllys com tom parecido. Veja clicando aqui.

Crédito da Imagem: 

4 comentários:

  1. Vai por mim, ser chamado de imbecil não ofende tanto quanto ser chamado de bicha, viado, marica e tantos outros nomes que usam para definir o homossexual de forma negativa, os gays estao lutando por direitos que os heteros já tem ganrantido por lei, e isso incomoda os homofobicos que por influencia da religiao pensam que o gay nao merece ter os mesmos direitos que eles, e voce nem sabe o quanto esses homofobicos religiosos sao hipocritas, existe evangelicos casados e com filhos que traem suas crenças e esposa cometendo adulterio com pessoas do mesmo sexo e depois aparecem nos cultos posando de pai de familia honrado, tem ainda os lideres da igreja catolica que tenta varrer pra de baixo do tapete os casos de pedofilia cometido por padres dentro da propria igreja, por isso digo não há ninguem que seja melhor que os gays a ponto de priva-los de seus direitos, esses religiosos que se impenham em derrotar a causa gay sao os mais podres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá meu amigo! A minha resposta é a mesma do outro amigo abaixo. O que eu iria te responder ele já respondeu. Mas obrigado pelo comentário! Abraços!

      Excluir
  2. O Arranca Toco Malasiano30 de outubro de 2012 03:23

    Caro anonimo, qualquer ofensa fere, independente do termo usado, não há essa de "viado" é pior que "imbecil" ou "crente burro", os direitos garantidos na lei são iguais para todos, tratando todos sob a mesma perspectiva, os direitos que um negro tem, um gay tambem tem igualmente ao do branco, todos defendidos igualmente pela constituição e dispositivos legais (há que se considerar o sistema falho que prejudica a execução, não apenas para estes mas para todos). Já pela sua postagem nota-se uma alta quantidades de ataques a outras linhas de pensamento, o que o classifica como aquilo que voce repreende; hipocrisia existe em toda parte, mesmo em seu discurso inflamado que enquanto tenta exaltar o valor da luta glbt, despreza e ofende outrem por erros os quais encontramos em todas as expressões de agrupamentos humanos, não só no ambito religioso. Assim como o autor da postagem, não gosto de ser chamado de imbecil por pensar ou pensar diferente de alguem, eu seria imbecil se não pensasse ou defendesse algo sem saber porque. Quanto ao Felipe Neto, fico feliz em discordar dele, caso concordasse, eu saberia que estaria errado - não obstante mesmo ele ter dito alguma coisa boa em felizes ocasiões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você meu amigo! Um abraço e obrigado pelo comentário!

      Excluir

COMENTE, DEIXE SUA OPINIÃO