terça-feira, 28 de agosto de 2012

POR QUE ACREDITAMOS EM DEUS?



Às vezes as pessoas me perguntam por que eu contesto a existência de deuses, quando que na verdade a pergunta é ao contrário. Eu não quero provar nada! Quem acredita em deuses é que tem que explicar por quê. Acreditar em coisas invisíveis e imaginárias é um tanto quanto estranho. Para acreditar em deuses, você tem que decifrar enigmas. Sempre existe um catálogo de códigos (Bíblia, Alcorão, Livro dos Mórmons, Livro dos Espíritos e outros do gênero). Quando que viver a vida normal é simples; basta olhar no espelho e te ver vivo. Lembrar sempre que você nasce, cresce, reproduz e morre. Assim como uma flor que você planta no seu quintal. Ela nasce, cresce, floresce e morre. No caso da flor, ninguém pergunta pra onde ela vai quando murcha e morre... DEUS! DEUS! SOMOS TODOS ATEUS.

Para explicar a existência de deuses, muitos usam o ar e a vida como base. Perguntam de onde vem o ar que eu respiro. Eu sei lá... Só sei que respiro oxigênio em forma de O2, um dos gases que juntamente com partículas de água e poeira compõem o ar. Quem te mantém vivo? De onde vem a vida que mantém seu coração batendo? Resposta; estímulo elétrico. Acredito que todos já viram um corpo sem vida sendo reanimado por meio de choque elétrico. Daí vem a vida que faz o coração bater. Imagine que seu coração é uma bateria de carro. Se perder a carga elétrica, ele para de bater.
Quem fez o universo? Resposta: quem fez Deus? Ora, se Deus não pode ser criado por algo ou alguém, por que necessariamente o Universo tem que ser? A falta de resposta intriga o homem. Antigamente adorava-se ao deus Natureza (Deus dos homens primitivos). Hoje se adora ao deus Cosmo (Deus da Bíblia). Hoje o homem imagina que lá no espaço, bem distante, existe alguém que fez tudo o que existe “estalando os dedos”. Absurdo!

Como surgiu a crença em deuses? Resposta: o medo da morte. O homem não aceita de maneira alguma que vai morrer um dia. Então surgiu a ideia de pregar para os outros que existe um paraíso. Onde tudo vai ser “mil maravilhas”. Onde todos serão imortais. Mas para quem não aceitar esta teoria, sobra a ameaça de ser jogado num inferno pra sempre. Ou ser destruído e morrer pra sempre. Estudos mostram que desde os tempos das cavernas, o homem acreditava em deuses, e isto segue até hoje... ESTÁ EM QUALQUER PROFECIA QUE O MUNDO SE ACABA UM DIA!

Então nesta ideia concluo minhas ideias. O absurdo tem que ser considerado real. O real vira imaginário. E assim a vida segue. Mas cada um na sua. Você no seu absurdo e eu no meu.

Fui! Um abraço!

Crédito da imagem:
VALMIR SARMENTO



23 comentários:

  1. Olá, é certo que cada um acredita e não acredita no que quiser, e temos que respeitar isso, assim como eu respeito seu ateísmo. Mas pelo que li nesse post, pude perceber que para certas coisas a respeito da religião, você deduziu pelo que você acha sobre o assunto, não o que realmente é
    Meu amigo, na religião, uma flor, como sendo parte da natureza, não pode raciocinar a respeito de seus atos, como os homens, ela estão lá porque Deus as fez desse jeito com um ciclo a ser seguido e em sua morte, sua alma vai para o céu. Você também comentou que as pessoas usam o ar e a água para justificar a existência de Deus. Elas estão querendo dizer que Ele criou tudo isso e que temos isso porque Ele criou. Sim, nosso corpo volta a vida graça a estímulos elétricos, mas isso, no contexto de religião, é graças a Deus que permitiu e nos fez com complexidades para que nos reanimássemos com energia, que tem de sobra no nosso corpo. Quem fez Deus ? Bom... Ninguém "fez" Deus ele já existiu desde o princípio, é meio estranho de acreditar e aceitar tantas coisas " mágicas" que a diz, mas é só porque isso não é uma realidade que nós vivemos, isso é maluco e irreal para nós, mas para Deus nada é impossível
    A crença em Deus não surgiu pelo medo da morte. Deus nos ajuda em tudo e mandou seu filho Jesus para provar que Ele existia quando morreu na Cruz pelos nossos pecados e ressuscitou para mostrar a todos. A partir dai civilizações acreditaram e seguiram a Bíblia, embora várias religiões surgiram com crenças diferentes e outra coisa, não foi o homem que inventou um lugar que todos vão viver felizes, estava escrito na bíblia que é um livro que para você não faz sentido algum e que foi escrito por homens desocupados procurando inventar uma história inimaginável. Por incrível que parece é verdade e é verdade porque Deus provou. Os deuses que você disse que os homens crêem, acho que esta se referindo a Poseidon, Zeus, Hodes... Esse sim são inventados pelos gregos, cada qual com seu domínio tipo,Poseidon cuida das água, sim é uma besteira e uma mentira (para mim é claro)
    Eu acredito em Deus e meu objetivo nesse comentário foi comentar sobre explicações para tudo o que você disse a respeito de religião que eu achei que não tinha uma base certa. De forma alguma quero fazer você acreditar em Deus, como já disse cada um acredita no que quer e acho importante que as pessoas saibam diferenciar e respeitar isso. O que escrevi foi baseado em meus conhecimentos da Bíblia para certas perguntas e relatos que você escreveu em seu post

    Espero que você tenha compreendido e lido meu comentário inteiro. Seu blog é muito legal e seus posts também espero sua resposta obrigada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Os deuses que você disse que os homens crêem, acho que esta se referindo a Poseidon, Zeus, Hodes... Esse sim são inventados pelos gregos, cada qual com seu domínio tipo,Poseidon cuida das água, sim é uma besteira e uma mentira (para mim é claro)"

      Por que você se acha a dona da verdade? Para os antigos gregos a crença em seus deuses não era mitologia e sim a religião praticante no local. Então o que te faz pensar que sua crença hoje é superior a dos gregos?

      Você é apenas um reflexo da humanidade atual, ACÉFALA ! Não consegue pensar, refletir, abstrair ..... São apenas um amontoado de carbono, cuja a existência segue apenas o rumo de deglutir e defecar ocupando um espaço neste coletivo planeta.

      Ao invés de ler a bíblia, por que você não foi ler biologia, matemática, física, química ....

      Excluir
    2. Minha amiga Natalia Ferreira, infelizmente eu creio que não acreditamos ou desacreditamos simplesmente por querer. Eu por exemplo queria muito acreditar em Deus. Já tentei várias vezes. Segui passos e cartilhas de várias pessoas. De várias denominações. De várias crenças. Mas não consegui acreditar em nada. Hoje eu desisti. Prefiro levar minha vida normal. Mas nem sempre é possível, pois as pessoas me perseguem com este assunto, então sou obrigado a me posicionar. Nos seus questionamentos sobre minhas opiniões, você mesma as respondeu. Achei muito legal e coerente o seu comentário. Mas mesmo se achasse uma besteira, nunca iria te responder com brutalidade, pois tento respeitar a opinião alheia. Muito obrigado pelo comentário, mas continuo acreditando que foi o homem que inventou Deus. Abraços! E volte sempre!

      Excluir
    3. Nossa me surpreendi com os "insultos" da pessoa anônima em cima
      Ok, tenho paciência e vou te responder da forma mais educada que encontrar...
      Primeiramente, não me acho a " dona da verdade" O que escrevi a respeito de deuses mitológicos foi o que eu achava que o blogueiro estava se referindo no post
      Acho que deixei claro que esses deuses para mim não passam de besteira e você levou isso pro modo de insultos contra a religião grega antiga
      Bom se você acha que me deixou para baixo com seu comentário, me chamando de acéfala se enganou e o motivo pelo qual eu deduzo que você se escondeu no comentário, foi por medo de eu te mandar uma resposta...
      O que eu escrevi foi tudo o que pensava e o dono do blog me respondeu com o maior entendimento
      Obrigada:)

      Excluir
    4. Tanto esse deus abraâmico quanto os outros que existiram e alguns que ainda existem, não tidos para os teístas como deuses, são criados por humanos. Cada dia, quando mais leio e aprendo, mais me convenço disto... Segundo Michael Shermer, nosso cérebro evoluiu para muitas coisas e a principal delas, é para acreditar em coisas irreais... Quando alguém tenta ser convincente ao explicar algo, por exemplo, "sobrenatural", baseado no velho ou novo testamento, eu fico pensando, será que essa pessoa leu e entendeu de verdade a bíblia? Um livro de fábulas, de historinhas infantis... O meu respeito a quem acredita nisso, que não me entenda mal como entendeu o livro mais vendido e menos lido pelos que acreditam nele...

      Excluir
  2. Nós somos absurdos..

    ResponderExcluir
  3. Ou pode ser que você fuja de um Deus que pode pedir que você mude seu estilo e/ou padrão de vida, sua dita liberdade, este medo te faz negar a existência de um Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser que você tenha razão, mas eu não creio nisto. Eu quero acreditar em Deus. Mas não quero mudar nada. Dizem que Deus transforma o homem e não o homem se autotransforma. Lembra da história de Saulo?

      Excluir
  4. O motivo pelo qual as pessoas acreditam num deus(es)? Eu penso que no passado quando surgiu essa ideia de "deus criador" o motivo era o medo da morte, mas hoje eu penso que as pessoas acreditam nisso apenas por que foram condicionadas para tal. Muitos nem sequer um dia pararam para refletir sobre a morte, a vida e tudo mais. Para muitos é mais cômodo continuar seguindo a sua vidinha de sempre acreditando que ele é o ápice da criação divina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Texto muito elucidador meu amigo(a)! As pessoas nascem acreditando em Deus e nunca perguntam o porquê... Sentem medo de questionar, de pensar... Mas eu não consigo ser assim! Abraços e obrigado pelo comentário!

      Excluir
  5. "Deus! Deus! Somos todos ateus" essa frase é uma parte da musica "Depois do começo", da Legião Urbana.

    ResponderExcluir
  6. Acredito naquilo que me faz bem!!! Tudo que está na biblia,está acontecendo nos tempos modernos!!!! Acredito no Deus pai e fim!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal meu amigo Vitor! Respeito sua opinião, mas não acredito que o que está acontecendo hoje está na Bíblia. O que está acontecendo hoje sempre aconteceu, muito antes de a Bíblia existir. Abraços e obrigado pelo comentário!

      Excluir
  7. O texto está excelente. Mas quando você diz: "Como surgiu a crença em deuses? Resposta: o medo da morte." Não deixa de ser verdadeiro, mas é uma generalização influenciada pela concepção de Deus que nós conhecemos pela nossa herança judaico-cristã. Para outros povos, e outras eras, como você cita o homem pré-histórico, não podemos supor isso mais do que imaginar que o conceito de Deus também pode ter surgido pela mera observação de fenômenos inexplicáveis, da sensação de realidade do sonho como certeza de uma vida metafísica e outras possibilidades.
    Mas você está certo ao supor que Deus, no sentido atual, é uma válvula de escape para os nossos medos, e o único ponto da vida que a ciência não conseguiu desmistificar foi, de fato, a morte. Portanto, atualmente, Deus é, de fato, um alívio para esta incerteza. Ainda que não nos livre dela, nos conforta.
    Tudo isso é mesmo muito complexo, uma vez que consiste numa crença que não nos livra do perigo e não tem nenhuma razão real que a sustente. Mas o maior perigo de tudo isso é que este conceito de Deus nos livre das responsabilidades de viver em harmonia com nossos pares. O homem criou Deus também como um modelo moral, mas na medida que aceita sua própria imperfeição e delega a Deus o poder de salvá-lo, pode se tornar imoral.

    ResponderExcluir
  8. A criação de Deuses ocorreu na antiga suméria y esta antes de todas as crenças humanas posteriores, Deus existe pelas suas manifestações que ocorreram na antiguidade e segue a ocorre até os dias

    ResponderExcluir
  9. O texto é bom, mas reduzir a crença/criação de deuses por conta do medo da morte me parece excessivo. Deus é uma questão muuuuuuuuuuuuito mais complexa do que uma mera reação cognitiva diante da morte.

    ResponderExcluir
  10. David Coutinho !! Deus te ama, muitas pessoas podem se libertar através do grande testemunho de sua vida, vc é uma Benção de Deus !! Abraço!!

    ResponderExcluir
  11. ia dar uma moralzinha nos anúncios mais o texto e muito fraco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu meu amigo! Vou tentar melhorar. De qualquer maneira obrigado pelo comentário.

      Excluir
  12. David,

    Eu me lembro que, quando era mais novo pensava sobre o dogma e sobre a racionalidade da crença em Deus. Eu sentia uma certa pena dos evangélicos que oravam e pensavam que aquilo era a melhor forma de se viver. Eu tinha vinte e poucos e desenvolvi uma série de teses que me faziam não acreditar em Deus: políticas, científicas, histórica, matemáticas e etc. Após várias discussões com a minha esposa, a qual teve muita paciência comigo pois eu não era fácil, decidi colocar a existência de Deus em Xeque: olhei para o céu e pedi que Ele se mostrasse, que provasse a Sua existência. E foram acontecendo coisas boas ao meu redor, só que eu reconhecia, meio que ainda um pouco incrédulo e comecei a ir aos Cultos, orar e fala mais no nome de Jesus. As minhas noites de sono começaram a apresentar pesadelos com o Diabo. "É sério isso", pensei ao acordar assustado depois de mais uma noite seguida sonhando com o diabo. Só para constar: eu nunca acreditei em pessoas endemoniadas, sempre fiz chacota com o fato de que os evangélicos diziam que se aconteceu alguma coisa ruim é obra do diabo. Comecei a entender que Deus é amor e que Ele acredita em você. Assim como percebi que existe o diabo. Não acreditar em Deus é não acreditar no amor puro e é isso que o Diabo quer. Você pode não acreditar no bem, mas sabe que o mal existe. Olha, foi uma sensação muito estranha, mas ao mesmo tempo boa, quando realmente comecei a acreditar. Não vou mentir, ainda bate um certo sentimento de ateísmo na minha cabeça? Sim. Não é fácil sair de um completo "nada" para um "tudo".
    Eu respeito o que você sente e sei o que você sente. Não estou dizendo para mudar. Apenas estou lhe mostrando que eu dei uma chance para Ele me mostrar que existe.
    Eu aprendi que não posso desmistificar Deus somente porque achei uma explicação razoável para a existência de alguma coisa, e nem posso deixar de crer porque acho explicação razoável para alguma coisa.
    Seu post me lembrou um trecho de uma música do Circo do Palhaço sem Futuro que fala assim: "Deus ensinou o homem a criar e o homem ensinou Deus a amar".
    No mais, eu respeito a sua opinião não quero te ofender. Até porque, como havia falado, eu já fui ateu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante meu amigo Vinicius Rosa! Confesso que o seu comentário está muito mais profundo que o meu texto em si. Quem ler o meu texto e não ler o seu comentário vai perder muito. Mas eu tenho uma experiência muito parecida com a sua para contar. Uma história muito parecida com a contada em um livro do Paulo Coelho. Pois eu vivia num mundo muito mais satânico que você possa imaginar. Comparando o que eu sou hoje e o que eu era há anos atrás, posso dizer que tive uma transformação maravilhosa. Já tive pesadelos, já sonhei com Diabo, já sonhei com Deus, já freqüentei várias igrejas, já orei, já olhei pro céu e pedi provas, já fiz coisas que você nem imagina. Mas nada disto me fez entender Deus. Depois do meu surto, que contarei numa postagem, comecei a procurar Deus desesperadamente. Mas não encontrei. Cheguei a conclusão que é impossível encontrar Deus. Então desisti. O lado bom é que hoje eu tento respeitar a opinião das pessoas. Meu surto foi em 1998 e naquela época eu não respeitava ninguém. Xingava e debochava da opinião alheia. Mas isto é passado. Hoje só me manifesto quando sou excitado para tal. Abraços e obrigado pela postagem. Felicidades nesta sua nova fase da vida.

      Excluir
    2. Como eu disse anteriormente, eu não posso obrigá-lo a acreditar ou entender Deus. A minha religião acredita no Amor e é pautado Nele que vou respeitar a sua opinião.

      O blog é interessante, contem matérias com algumas opiniões que dão um toque muito pessoal, ou seja, tem coisas bem originais.
      Posso te dar uma dica para um post? Fale alguma coisa sobre as nossas obrigações civis, como por exemplo: sufrágio universal - parte histórica, a razão do voto, a luta por este direito e a razão da falta de interesse no jovem atual. Acredito que isso vai enriquecê-lo, também irá dar uma chance para você emitir uma opinião sua, bem como, poderá abrir os olhos de muita gente.

      Excluir
    3. Bom dia Vinicius Rosa. Adorei suas sugestões. Vou estar elaborando uma postagem sobre os assuntos sugeridos. Mas digo-lhe também que pode ficar à vontade pra elaborar um texto sobre estes assuntos e me enviar. Publicarei com prazer. Aqui o espaço é aberto para opiniões de todos, não somente às minhas.

      Abraços!

      email: odesafiodavida@gmail.com

      Excluir

COMENTE, DEIXE SUA OPINIÃO